Unimed

Responsabilidade Social

Voltar para Artigos

Campanha da Unimed Londrina arrecada mais de 900 livros

Responsabilidade Social

A Campanha de Arrecadação de Livros da Unimed Londrina conseguiu a doação de mais de 900 livros. Nesta terceira edição da campanha, as publicações doadas beneficiaram as Escolas Municipais do Campo Trabalho e Saber e Egídio Domingos Brunetto, localizadas no assentamento Eli Vive, no distrito rural de Lerroville, em Londrina. As duas unidades educacionais atendem um total de 226 alunos da educação infantil e do ensino fundamental.

Segundo a especialista em Responsabilidade Social da Unimed Londrina, Fabianne Piojetti, os livros arrecadados entre julho e setembro resultaram em um total de 573 volumes adequados à faixa etária dos estudantes das duas instituições. “Isso porque muitos livros doados eram desatualizados ou não se encaixavam à faixa etária dos alunos. Depois de uma seleção, os livros inadequados foram transformados em valor de troca para a aquisição de livros apropriados”, explica Fabianne.

Os livros novos foram adquiridos na Loja Ciranda, que oferece descontos expressivos para a campanha. O Sebo Capricho, onde muitas publicações arrecadadas foram trocadas, também se sensibilizou com a campanha e contribuiu com a doação de 116 livros infantis e infantojuvenis. A campanha ainda mobilizou colaboradores da Unimed Londrina, que doaram um total de R$ 680,00, que foram aplicados na compra de livros para as duas escolas.

Um dos doadores da campanha foi o engenheiro de inovação tecnológica da Somatec Blocking, Paulo Fernando Mesqueri. Ele ficou sabendo da iniciativa da Unimed Londrina ao fazer uma pesquisa no Google, que o direcionou ao site da Cooperativa. O engenheiro doou cerca de 120 livros, entre didáticos, técnicos e infantis. “Tínhamos nos mudado de uma casa para um apartamento, e precisávamos doar livros, que já não nos serviam mais, mas poderiam ajudar outras pessoas”, comenta.

Fabianne observa que as escolas beneficiadas nesta edição da campanha foram indicadas pela Secretaria Municipal de Educação, e foram municipalizadas recentemente. “As duas unidades têm necessidade de vários materiais, e o acervo bibliográfico que possuem é pequeno e bastante desatualizado, então os livros que são doados são vistos como preciosidades”, comenta.

A diretora da Escola Municipal do Campo Egídio Domingos Brunetto, Gislene Inácio Corrêa Hirle, afirma que a campanha promovida pela Unimed Londrina é muito importante para as unidades, que apresentam muitas necessidades. “Por aqui falta tudo! Por isso, as doações são sempre bem-vindas, e isso faz com que as crianças se sintam valorizadas”, diz.

Ela conta que a sua unidade, que atende crianças com idades entre quatro e 10 anos, não tinha uma biblioteca. “Recentemente recebemos a doação de alguns livros, e resolvi dividir, com uma cortina, a sala ocupada pelo almoxarifado, e aí instalar a biblioteca. Uma escola sem biblioteca não existe, ela é o coração e o cérebro de qualquer escola”, comenta.