Unimed

Nutrição & Saúde

Voltar para Artigos

Ervas aromáticas podem ajudar a reduzir o consumo de sal

Nutrição & Saúde

O sal, um dos temperos mais utilizados na culinária, está presente em pratos salgados e doces e em algumas bebidas. O ingrediente é importante na alimentação, mas o consumo excessivo pode trazer riscos à saúde. A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que a ingestão de sal fique entre 1.000 e 5.000 mg por dia. Isso equivale a aproximadamente uma colher de chá de sal.

Segundo a nutricionista da Unimed Londrina, Gabriela Carloto Pickina, no Brasil o sal (cloreto de sódio, formado por 40% de sódio e 60% de cloreto) é enriquecido com iodo. “Esse componente é importante para a prevenção de doenças ligadas à tireoide e promoção do desenvolvimento neurológico adequado das crianças na gestação”, afirma.

O sal na medida correta também tem a função de manter o equilíbrio osmótico das células e regular o volume de fluidos corporais como o sangue, além de atuar no funcionamento normal dos músculos e nervos. Por outro lado, o excesso pode provocar quadros hipertensivos (aumento da pressão arterial), retenção hídrica corporal, problemas cardíacos e renais.

Por isso, é preciso cuidado na hora de temperar e consumir alimentos com sal. “Grande parte dos alimentos industrializados possui sódio e as pessoas consomem sem se dar conta da quantidade de sal que estão ingerindo”, afirma Gabriela. Um pacote de 80 g de macarrão instantâneo, mais o tempero que o acompanha, possui 1.360 mg de sódio. Já uma lata de molho de tomate de 340 gramas possui aproximadamente 1.600 mg de sódio e um pacote de salgadinho de 60 g possui em média 376 mg de sódio.

Segundo a nutricionista, é possível garantir o sabor dos alimentos utilizando ervas aromáticas e especiarias no lugar do sal. “Os temperos naturais ou condimentos podem ser utilizados em todos os alimentos, melhorando a aparência, o sabor e o aroma das preparações”, comenta. Para isso, pode-se optar por ingredientes como páprica, curry, açafrão, pimenta, cebola, alho, limão, salsa, orégano, tomilho, louro, alecrim, manjericão, coentro, gengibre, hortelã, estragão e sálvia.

Veja a seguir uma receita indicada pela nutricionista da Unimed Londrina para substituir o sal:

Tempero funcional

Ingredientes*:

- 2 colheres (sopa) de hortelã;

- 3 colheres (sopa) de sálvia;

- 2 colheres (sopa) de alecrim;

- 3 colheres (sopa) de alho;

- 2 colheres (sopa) de cebola;

- 5 colheres (sopa) de orégano;

- 5 colheres (sopa) de açafrão-da-terra ou cúrcuma;

- 3 colheres (sopa) de cheiro-verde;

- 3 colheres (sopa) de páprica-doce;

- 2 colheres (sopa) de pimenta-preta;

- 4 g (1 pacote) de folhas de louro.

*Usar todos os ingredientes desidratados.

Modo de preparo:

Adicionar todos os ingredientes no liquidificador e bater.