Unimed

Perfil

Voltar para Artigos

Isadora supera diferenças e conquista vaga no mercado de trabalho

Perfil

Aos três anos de idade, os pais de Isadora Daniel perceberam que havia algo diferente no desenvolvimento da filha. Segundo a mãe, Márcia Ferreira Daniel, Isadora apresentava dificuldades para desenvolver a fala, chorava bastante e era muito agitada. Foi então que a família decidiu buscar ajuda médica. “Os exames pré-diagnosticaram que ela era uma criança com atraso cognitivo, mas nunca se chegou a um diagnóstico conclusivo”, afirma. Há um ano e meio, Isadora, 18 anos, é colaboradora da Unimed Londrina e trabalha na área de Regulação da Cooperativa.

Márcia conta que, quando os médicos identificaram que Isadora era uma criança especial, ela buscou o ILECE. “Num primeiro momento ficamos impactados, mas depois superamos e acabamos aceitando com naturalidade”, relembra. Mais tarde, com a lei da inclusão em escolas convencionais, Isadora começou a frequentar uma escola municipal. Inicialmente a adaptação foi tranquila, mas foi preciso mudar de escola porque, após alguns meses, ela passou a ter dificuldades para acompanhar os conteúdos e a sofrer com bullying dos colegas.

Quando completou 15 anos, a família optou por continuar a educação dela na APAE, onde ficou por dois anos e se destacou na área de esportes, ganhando muitas medalhas. A mãe conta que lá surgiu a oportunidade de trabalhar na Unimed Londrina, por meio do Projeto UNIR (veja vídeo abaixo). “A psicóloga nos chamou para dizer que a Unimed iria contratar pessoas especiais e que Isadora poderia se candidatar”, afirma.

Isadora foi selecionada e a contratação levou dois meses. A mãe, toda orgulhosa, afirma que a menina tem se desenvolvido e amadurecido bastante. “Ela é muito responsável, nunca se atrasa”, comenta. Isadora afirma que está “muito feliz”. “Fiz novos amigos aqui no trabalho, todos sempre dispostos a me ajudar”, comenta. Ela conta orgulhosa que vai para a Unimed sozinha de ônibus. “Eu me sinto independente”, afirma.

Isadora trabalha das 8h ao meio-dia. É responsável pela separação de embalagens de órteses e próteses que os hospitais enviam para a auditoria, além de ajudar na separação de medicamentos da Farmácia e também de algumas contas. A enfermeira auditora, Márcia Lopes de Oliveira, afirma que Isadora é muito prestativa e está sempre pronta para ajudar. “Ela quer participar sempre e segue à risca as orientações que recebe”, afirma.

Além do trabalho, Isadora joga vôlei duas vezes por semana e às sextas-feiras frequenta o curso de Culinária no Instituto de Gastronomia da América (IGA).

DOAÇÃO

A Unimed Londrina aderiu ao Projeto Empresa Amiga da APAE de Londrina. Com isso, a Cooperativa irá fazer uma doação, em cota única, no valor de R$ 1,8 mil, ao adquirir uma cota ouro da campanha. O recurso irá ajudar a instituição a ampliar suas instalações e a capacidade de atendimento. Além da doação, a Unimed Londrina irá enviar e-mail marketing para seus diversos públicos incentivando-os a aderirem à campanha fazendo doações. Podem participar pessoas físicas e jurídicas. Mais informações sobre como ajudar podem ser obtidas na APAE LONDRINA pelos fones (43) 3305-5935 ou 3351-3295.

Conheça o Projeto Unir, que contrata pessoas com deficiência para trabalhar na Unimed Londrina, clicando aqui!