Loading…
teste

Espaço Parto Adequado

No Brasil, estudos indicam que cerca de 80% dos nascimentos acontecem via parto cesáreo. Esta realidade está mudando após o lançamento do projeto Parto Adequado. O programa é gerenciado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), em parceria com o Hospital Israelita Albert Einstein e o Institute For Healthcare Improvement (IHI), e apoio do Ministério da Saúde.

O projeto busca incentivar mulheres e médicos a definirem que tipo de parto será adotado apenas quando a paciente entrar em trabalho de parto ou após a 39ª semana de gestação. Nesta etapa, o bebê normalmente já possui maturidade pulmonar. O programa também pretende incentivar a redução do número de cesáreas eletivas, muitas marcadas antes das 38 semanas de gestação, para atender a agenda do médico ou a vontade da mãe. É importante destacar que o projeto não limita o parto em apenas vaginal. Ele orienta escolher a melhor opção para o bebê e para a mãe.

E quando conduzida sem indicação, a césarea ocasiona riscos desnecessários à saúde da mãe e do bebê, aumentando a morbidade e os riscos de morte para ambos.

Uso consciente

Entenda como utilizar seu plano de maneira mais adequada.

Saiba mais

Guia

Médico

Encontre
img-responsive

Precisa de ajuda?

Caso tenha dúvidas, você pode consultar nossa seção de dúvidas frequentes, ou entrar em contato.