Loading…
teste

Conheça o token, dispositivo que será utilizado para liberar procedimentos de clientes

A partir do mês de maio, a Unimed Londrina passará a exigir a geração de um token para liberar consultas, exames e procedimentos ambulatoriais.  Segundo o gerente de Tecnologia de Informação da Cooperativa, Marcus Vinícius de Campos, a adoção desse sistema tem como objetivo garantir mais segurança para os clientes durante o processo de liberação de procedimentos.

Para as secretárias, a novidade trará apenas uma alteração no atendimento aos clientes da Unimed Londrina: o acréscimo de um campo no formulário do WebSolus, que deverá ser preenchido com o número de token fornecido pelo cliente no momento do atendimento. O restante permanece inalterado.

Campos explica que o token é um dispositivo eletrônico que gera números para serem utilizados como senhas únicas para sistemas e outros dispositivos, como computadores e smartphones. A geração do token será feita por meio do aplicativo Unimed Cliente PR, que deve ser baixado, gratuitamente, no smartphone do cliente em uma das lojas de aplicativos: Apple Store, para sistemas iOS; ou Play Store, para sistemas Android.  

O dispositivo, segundo o gerente, será adotado de maneira progressiva para os clientes de acordo com critérios como aniversário de contrato do plano de saúde e contratos novos. O token já vem sendo utilizado desde novembro de 2020 nas solicitações realizadas por  meio do WebSolus pelos colaboradores da Cooperativa.

Caso o cliente não tenha o aplicativo instalado no seu celular, o token poderá ser gerado pela ferramenta  WebSolus no momento da liberação da guia. Feito isso, a secretária ou atendente do consultório ou prestador deverá selecionar um celular entre os cadastrados no sistema pelo cliente, para enviar o número do token por SMS. 

Se o cliente estiver sem o celular que está cadastrado no sistema da Unimed Londrina, ele deverá entrar em contato com o SAC da Cooperativa pelo número 0800-4006100, ou acessar o site da  Unimed Londrina e atualizar o cadastro de telefones, para então receber o token.

Cada token gerado tem duração de 30 minutos. Após esse período, caso o número não tenha sido utilizado para a liberação da guia, um novo token deverá ser gerado. E a cada atendimento/liberação, um novo token será exigido.


Comentários