Loading…
teste

Cuidados paliativos: conheça mais sobre o tratamento e saiba como utilizá-lo na Unimed Londrina

Enfrentar uma doença grave mantendo a qualidade de vida requer estrutura física e emocional tanto do paciente, quanto da família. Alguns cuidados especializados podem auxiliar neste processo e os cuidados paliativos são um exemplo disso. Este tratamento multidisciplinar visa oferecer um atendimento centrado no paciente e na família sem dispensar os tratamentos já definidos pelo médico que faz acompanhamento rotineiro.

Os cuidados paliativos têm como foco o paciente e seus familiares, já que as tomadas de decisões acontecem de forma compartilhada, valorizando crenças, sentimentos e preferências de quem está sendo assistido. Outra característica é a participação ativa da família. O plano terapêutico e os cuidados diários contam com a participação de familiares, pacientes e da equipe de cuidados paliativos.

A capacitação de cuidadores e familiares também integram os cuidados especiais deste atendimento. A equipe multidisciplinar ensina a pessoa responsável pelo paciente para que ele seja assistido de forma adequada em tempo integral dentro de sua casa.

Segundo Rodrigo Luz, psicólogo, diretor da Fundação Elizabeth Kübbler Ross e especialista em cuidados paliativos, este tipo de atendimento inclui*:

1. Tratamento multidisciplinar que visa a melhorar a qualidade de vida de pacientes cuja doença é considerável grave, com o objetivo de auxiliar o paciente e seu familiar a administrarem seus sofrimentos.

2. Abordagem de cuidados que inclui uma série de medidas específicas, um conjunto de dimensões a serem avaliadas e um conjunto de ações a serem implementadas. Portanto, trata-se de um tratamento e não diagnóstico médico ou fase de uma doença.

3. Os tratamentos médicos devem ser mantidos enquanto o paciente for atendido pelos cuidados paliativos. Assim, não é a última alternativa para a vida. O objetivo é ajudar a pensar os tratamentos disponíveis de forma hierarquizada e proporcionais, avaliando os benefícios a serem buscados e os malefícios a serem evitados em cada fase da doença.

4. Por seu caráter multidisciplinar, uma equipe composta por profissionais capacitados na filosofia e boa prática paliativa torna o tratamento mais qualificado.

Cuidados paliativos para pacientes oncológicos na Unimed Londrina

A partir do dia 1º de fevereiro, a Unimed Londrina amplia sua rede de cuidados no DOM – Atenção Domiciliar ao oferecer um novo serviço de cuidados paliativos aos seus clientes.

Com o nome Rede de Cuidados Humanizados, o objetivo do serviço é promover um atendimento a pacientes com doenças oncológicas metastáticas (mesmo que ainda estejam em tratamento específico) ou para os que já se encontram sem possibilidade terapêutica.

"Este serviço quer auxiliar o paciente na busca pela independência e qualidade de vida e oferecer tranquilidade para seus familiares e cuidadores", explica a gerente de Atenção Domiciliar - DOM, Lucieire Ramon.

Os atendimentos realizados pela Rede de Cuidados Humanizados terão foco no impecável controle dos sintomas por meio de um plano terapêutico centralizado no paciente e seu familiar, desenvolvendo uma atenção criteriosa cuja abordagem compassiva e humanizada considerará os sofrimentos em todas as dimensões (física, psíquica, social e espiritual).

"Nossa equipe multidisciplinar é composta por duas médicas paliativistas, dois enfermeiros, dois técnicos de enfermagem e uma psicóloga", detalha Dra. Raquel Ferreira Barcelos, médica paliativista do serviço.

Segundo a Dra. Heloisa Freire Marconato, médica que também integra a equipe da Unimed Londrina, o serviço visa a proporcionar um acompanhamento dos pacientes tanto na modalidade ambulatorial quanto domiciliar. "A definição da modalidade de atendimento dependerá da situação clínica e necessidade dos pacientes e familiares", justifica.

Aos pacientes que se encaixarem na modalidade de atendimento ambulatorial, as consultas serão realizadas na Clínica de Oncologia da Unimed Londrina, que fica na Av. Ayrton Senna, 555.

O serviço de Rede de Cuidados Humanizados deve ser solicitado por meio de um encaminhamento médico. O médico cooperado deve enviar o documento para o e-mail contatosdom@unimedlondrina.com.brou contatar a equipe responsável pelo telefone (43) 3375-6033.

*Texto de Rodrigo Luz, psicólogo RJ e Diretor da Fundação Elizabeth Kübbler Ross – Capitulo Brasil


Comentários