Loading…
teste

Dia Mundial do Meio Ambiente: conheça as ações que podem salvar o futuro do planeta

Todo dia 5 de junho é celebrado o Dia Mundial do Meio Ambiente. A data foi criada na década de 70 durante uma reunião das Nações Unidas, que ficou conhecida como "Conferência de Estocolmo", com o objetivo de chamar a atenção da sociedade para os problemas ambientais e para a importância de ações que visam preservar os recursos naturais do planeta. 

Atualmente, a preocupação com a questão da sustentabilidade aumentou consideravelmente e essa preocupação tem fundamento, pois ações como o descarte inadequado de lixo, consumo exagerado de recursos naturais, desmatamento e desperdício de água têm impacto direto na degradação da natureza. Caso nada seja feito, poderão afetar o nosso futuro no planeta. 

Por isso, na Unimed Londrina, temos como um dos pilares a questão da Sustentabilidade. Abaixo, conheça alguns dos projetos e ações que desenvolvemos na nossa empresa. 

Sustentabilidade na Unimed Londrina 

A Unimed Londrina desenvolve uma política de Gestão Ambiental composta por três pilares: Educação Ambiental, Gerenciamento de Resíduos Neutralização de Carbono. Cada um desses pilares tem as suas ações específicas. 

Na Educação Ambiental, uma das atividades foi o Desafio da Sustentabilidade. A ação, que ocorreu em 2019, teve como objetivo levar os participantes a refletirem sobre a Cooperativa e os problemas existentes que poderiam afetar a comunidade e o meio ambiente em que estão inseridos. O grupo apresentou 397 sugestões de melhorias, divididas nas seguintes categorias:

- Energia Elétrica

- Resíduos

- Descartáveis e Papel

- Convivência

- Água

- Resíduo de Saúde

- Combustível e Emissão de CO2

- Dentre outros.

As sugestões estão sendo avaliadas e as consideradas mais necessárias e viáveis poderão ser implementadas.

Além disso, também promovemos o Concurso de Desenhos entre centenas de alunos de mais de 50 escolas de Londrina. Com o tema "Mundo Saúde", o concurso teve o objetivo de promover saúde, qualidade de vida, cuidados com o meio ambiente e o incentivo às artes e à cultura entre os estudantes e professores.

Para saber um pouco mais, clique aqui e assista ao vídeo sobre o concurso

Na questão de Gerenciamento de Resíduos, um de nossos projetos é o Eco Banners, que reaproveita, além de lonas e banners utilizados pela Cooperativa, tecidos oriundos de uniformes de colaboradores. Em 2019, o projeto foi expandido e reaproveitou cerca de 170 metros de banners e 35,8 metros de tecidos de uniformes. Com os resultados das vendas desses produtos, a Unimed Londrina pode doar ração para ONG SOS Vida Animal, ampliar as doações para a Campanha de Doação de Livros, contribuir para a compra de lenços doados na campanha Outubro Rosa e investir na compra de produtos de higiene doados para moradores de rua atendidos pelo Lar Santo Antônio, de Cambé.

Já no pilar de Neutralização de Carbono, a ação Bosque da Vida é destaque. Criado em 2008, o projeto, mantido pela Unimed Londrina, completou 12 anos de atividades em maio de 2020.  

Ele é desenvolvido em duas frentes. Na primeira, busca-se neutralizar o CO2 emitido pela Cooperativa. Para isso, anualmente, elaboramos um inventário que traz as emissões de gases poluentes pelas ações da Cooperativa. Com base no cálculo, o projeto determina a quantidade de mudas de árvores necessárias para fazer a neutralização das emissões da Cooperativa.  O plantio das mudas é feito após o levantamento, buscas locais e parcerias com propriedades rurais ou áreas que necessitam de reflorestamento. 

Na outra frente, o Bosque da Vida distribui mudas de árvores frutíferas para as famílias de bebês que fazem o teste da orelhinha na Clínica de Vacinação da Unimed Londrina. Nos últimos 12 anos, já foram entregues um total de 18.672 mudas de árvores.

A sustentabilidade é prioridade na Unimed Londrina. Além desses projetos, também fazemos a coleta seletiva dos lixos, como a campanha Eu Ajudo na Lata, treinamentos com os colaboradores e pensamos em como ampliar essas ações a cada dia. Toda atitude faz a diferença. 

Leia mais: Obesidade infantil: reeducação alimentar é uma lição de casa


Comentários