Loading…
teste

Hábitos para melhorar os sintomas de doenças respiratórias

O inverno é o período do ano em que essas infecções se tornam mais comuns

Doenças respiratórias equivalem às enfermidades que atacam o sistema respiratório humano, correspondendo ao nariz, boca, garganta, faringe, laringe, traqueia e o pulmão. Podemos destacar como principais infecções respiratórias:

- Resfriados e gripes;

- Rinite;

- Asma;

- Bronquite;

- Tuberculose;

- Sinusite;

- Pneumonia;

- Laringite;

- Amigdalite;

- Entre outras.

Apesar de aparecerem em qualquer época do ano, as doenças respiratórias ficam mais comuns no inverno, por ser o período mais frio e seco, em que as pessoas permanecem em mais ambientes fechados para se aquecerem. Isso facilita (e muito) a proliferação de microrganismos.

Segundo a Otorrinolaringologista da Unimed Londrina, Dra. Rosana Emiko Heshiki, ainda, a principal causa das doenças respiratórias são as virais. Contudo, existem algumas medidas que podem ser tomadas para evitar as infecções respiratórias. Separamos 4 para você, confira!

Lavar bem as mãos

É fundamental lavar muito bem as mãos ou pelo menos utilizar álcool gel, principalmente ao frequentar locais públicos. Por mais que as pessoas acreditem que as doenças respiratórias sejam pegas somente pelo ar, uma das principais formas de contaminação é por meio das mãos. Isso ocorre ao tocar algum local que possua microrganismos, levando a mão à boca, nariz ou olhos logo em seguida.

lavar as mãos

Hidratar-se sempre e alimentar-se bem

Se você não hidrata o seu corpo e não se alimenta de forma balanceada, a imunidade cai, o que facilita uma infecção respiratória. Desta forma, o recomendado é manter o corpo devidamente hidratado, bebendo 2 litros de líquidos por dia, que podem ser água, sucos, chás ou também água de coco. Não se esqueça de adotar uma alimentação rica em vegetais, pois estes possuem vitaminas e sais minerais que ajudam a proteger o organismo.

Deixar o ar sempre úmido

Quando o ar está muito seco, torna-se mais fácil a proliferação de organismos, além do ressecamento das mucosas respiratórias. Desta maneira, o recomendado é evitar o uso excessivo do ar condicionado e sempre manter o ambiente muito bem ventilado. Uma boa dica, é utilizar umidificador de ar nos dias que estiverem mais secos.

Ficar longe de cigarro

Fumar facilita muito o desenvolvimento de doenças respiratórias, além de dificultar a recuperação, pois o tabagismo causa a inflamação das vias aéreas, irrita a mucosa e também diminui os mecanismos de proteção. Além do mais, conviver com fumantes não te livra dos males do cigarro, pois, o tabagismo passivo também causa os mesmos efeitos. Assim, é recomendado tanto parar de fumar, quanto ficar longe de quem fuma.

ficar longe do cigarro

Além dessas medidas que podem ser tomadas para evitar as doenças respiratórias, a Dra. Heshiki ainda destaca mais algumas. “Evitar ambientes fechados e com muita circulação de pessoas principalmente para imunodeprimidos e recém-nascidos, também diminui a exposição ao vírus”, completou.

Gostou do texto? Conte para a gente nos comentários!

Leia também: Alongamentos para diminuir a tensão no trabalho


Comentários