Loading…
teste

Coleta seletiva: saiba como fazer corretamente!

A separação correta do lixo deve seguir a constituição e composição de cada resíduo; descubra como fazer isso da maneira correta

A coleta seletiva consiste na coleta individualizada de resíduos, seguindo a constituição e composição de cada material descartado. Ou seja, os resíduos semelhantes são combinados por uma pessoa ou uma empresa, para que sejam coletados separadamente.

Quando a divisão dos resíduos é feita do modo correto, o processo se torna mais fácil, possibilitando que cheguem aos catadores e triadores já devidamente separados. A partir do momento que esse processo de separação não ocorre, alguns materiais que poderiam ser reaproveitadas acabam tornando-se descartáveis.

Vale destacar que o processo de coleta seletiva se difere do conhecido conceito de Logística Reversa. Essa última corresponde à obrigação das empresas que precisam destinar corretamente os resíduos considerados perigosos.

Pensando nessa questão, preparamos esse texto para você saber, perfeitamente, como realizar a coleta seletiva em sua casa ou empresa, sem erros. Vamos lá?

Como separar os resíduos?

A Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei nº 12.305/10), prevê a redução de resíduos, propõe hábitos sustentáveis e de aumento da reciclagem, com a destinação correta dos lixos. De acordo com a política, a coleta seletiva é uma responsabilidade dos municípios, aplicando a separação entre resíduos recicláveis secos e os rejeitos.

Como cada resíduo tem o seu processo de descarte e reciclagem próprio e ideal, é possível separá-los da seguinte maneira:

Recicláveis secos

Os resíduos que são recicláveis secos correspondem aos seguintes materiais:

- Metais (aço, alumínio etc);

- Papel;

- Papelão;

- Vários tipos de plástico (tampas, sacos plásticos, garrafa pet, recipientes de limpeza etc) ;

- Vidro;

- Tetra pak.

Rejeitos

Os rejeitos são os lixos que não podem ser reciclados. Correspondem a:

- Resíduos de banheiro (fraldas, absorventes, papel higiênico etc);

- Resíduos de limpeza.

Resíduos orgânicos

Além dos dois tipos de resíduos já citados acima, ainda há os orgânicos. Eles são aqueles que não podem ser misturados com outros resíduos, para que a reciclagem não seja afetada e para que possam ser transformados em adubos de forma adequada. Representam:

- Restos de alimentos;

- Resíduos de jardim (folhas secas ou podas).

Partindo dessa ideia, diversos municípios e estabelecimentos têm realizado a coleta de lixo de acordo com essa divisão, conforme aponta o Ministério do Meio Ambiente.

Como diminuir a produção de lixo?

Para que você consiga diminuir a produção de lixo, tanto em sua casa, como na empresa ou outros locais, pense nos 5 Rs:

Repensar: é preciso repensar a prática de consumo. Nem sempre o que queremos ou podemos é necessário.

Reduzir: quando você começa a repensar a prática de consumo, o processo de redução já se torna efetivo, o que contribui para a geração de menos resíduos.

Reusar: há materiais que podem ser reusados e, colocar essa prática em ação, permite uma diminuição na produção de lixo, além de diminuir o seu consumo.

Reutilizar: há também materiais que podem ser reutilizados com uma função diferente. Um bom exemplo é a utilização de caixas de papelão para criação de caixas organizadoras decorativas. Você também pode vender o material para uma pessoa que realiza esse trabalho.

Reciclar: reciclar é fundamental e esse passo se inicia dentro de casa, a partir do momento em que o lixo é separado corretamente.

Mas, como separar o lixo em casa?

Para que o os resíduos produzidos em sua casa sejam devidamente separados, é importante que você siga alguns passos que irão te ajudar muito nesse processo:

1- Se não tem o costume, comece, pelo menos, separando os orgânicos dos recicláveis secos;

2- Tenha uma lixeira para cada tipo de resíduo;

3- As embalagens tetra pak, plástico, alumínio, pet e vidro precisam ser bem lavadas e secas, além de dobradas para não ficarem muito volumosas;

4- Separe os papéis em pedaços para ocupar menos espaço;

5- Se não possui coleta de lixo seletiva, guarde os recicláveis e os descartem no posto mais próximo para reciclagem.

Seguindo esses passos, você contribui para a coleta seletiva, permite que os resíduos sejam reutilizados da maneira adequada e ajuda o meio ambiente, o que é fundamental!

Gostou desse texto? Conte para a gente nos comentários!

Leia também: Cuidados que você precisa ter para ser um doador de sangue


Comentários