Loading…
teste

5 motivos para você se tornar um doador de sangue

A atitude solidária salva vidas e proporciona bem-estar e satisfação para quem doa

O sangue possui função vital no organismo. Ele é responsável por carregar o oxigênio e os nutrientes para as células, assim como o gás carbônico para os órgãos responsáveis pela eliminação. A sua falta no corpo pode ocasionar diminuição na pressão arterial e redução do oxigênio.

É por essa razão que destacamos a importância da doação de sangue. Para os pacientes que apresentam problemas de coagulação, são anêmicos ou sofreram algum acidente, a doação se torna essencial, uma vez que contribui para a melhora do quadro clínico. De acordo com o Ministério da Saúde, a maioria dos doadores no Brasil são jovens entre 18 e 29 anos.

Se você já pensou várias vezes em se tornar um doador de sangue mas ainda não tomou a atitude ou tem dúvidas sobre o procedimento, nós separamos aqui 5 motivos que farão você mudar de ideia! Continue a leitura e confira!

1- Uma doação pode salvar até 4 vidas

Em uma doação, o volume máximo permitido de coleta é de 450 ml de sangue. Após esse procedimento, a bolsa é separada em componentes sanguíneos que são: concentrado de hemácias, plaquetas e plasma. A quantidade coletada é suficiente para que até quatro vidas sejam salvas. Para mulheres, a frequência máxima é de três doações anuais e os homens podem doar sangue até quatro vezes por ano.

2- A ação também faz bem para quem doa

A doação de sangue não faz bem somente para o paciente que recebe. Quem doa também é beneficiado porque a  atitude solidária proporciona uma sensação de bem-estar e satisfação por saber que está ajudando o próximo. Isso traz bom humor e afeta positivamente a vida de quem doa.

3- O procedimento é rápido

A doação de sangue é um procedimento rápido que dura cerca de uma hora. De uma forma geral, os passos a serem seguidos são: cadastro da pessoa que está doando, verificação dos sinais vitais, teste de anemia, triagem clínica, coleta do sangue e, por fim, lanche pós-doação.

4- É totalmente seguro

O procedimento não apresenta nenhum risco de contaminação. Toda a doação é feita com materiais descartáveis e de uso único. Além disso, o volume de sangue doado é reposto em até 24 horas no organismo, o ato não engorda ou emagrece e nem afina ou engrossa o sangue.

5- Faz um check-up completo

No procedimento, a pessoa doadora faz um check-up completo da saúde, afinal, como já citado acima, o procedimento conta com a verificação de sinais vitais, teste de anemia e triagem clínica. Ainda durante a doação, também são colhidas amostras de sangue para a realização de exames para Hepatite B e C, Sífilis, Doença de Chagas, AIDS e para detecção dos vírus HTLV I e II. Caso tenha alguma alteração, a pessoa é comunicada pelo local.

Para ser um doador de sangue, é preciso ter alguns cuidados importantes que você confere no Blog do Cliente da Unimed. Clique aqui e descubra!

Leia também: Dicas de organização para a sua mesa de trabalho


Comentários